google1c4f0cfd91991ecb.html
Portes grátis para Portugal continental em encomendas superiores a 50,00€
  Blog

Harmonizar vinho & comida - Parte 1

Escrito em 21 de Jan. de 2020

Harmonizar vinho & comida - Parte 1

A maioria dos vinhos são feitos para acompanhar comida, a estes consideramos que têm aptidão gastronómica, existindo várias linhas orientadoras sobre como harmonizar comida e vinho com sucesso.

Para cada prato podem existir várias alternativas de sucesso, na busca de ter maior prazer à mesa.

Primeiramente é necessário perceber o mapa dos sabores na língua, o qual apresentamos de seguida.

Na língua, existem as papilas gustativas que reconhecem substâncias do gosto e enviam a informação ao cérebro. 

O teto da boca (o palato) também é sensível aos gostos.

Existem cinco sabores bem aceitos: o amargo, o ácido, o salgado, o doce e o umami. 

Todas as papilas gustativas na língua e outras regiões da boca podem detetar o gosto umami independentemente da sua localização.

Os receptores envolvidos são células que se agrupam nas chamadas papilas gustativas. Assim, papilas gustativas espalham-se em concentrações diferentes por toda a língua, e estão presentes, ainda que em menor número, até no céu da boca, garganta, esôfago e nariz.

Quando determinada substância não provoca reações sensitivas nos órgãos do paladar, diz-se que é insípida.

Mapa dos sabores da língua

 

Aguns exemplos:       

- Amargo: café, cacau, rúcula, cerveja e água tónica.

Salgado: sal, azeitonas, presunto, ostras e molho de soja.

Ácido: limão, vinagre e ananás.

- Doce: açúcar e álcool


×

Website destinado a maiores de 18 anos

O conteúdo deste site destina-se em exclusivo a público adulto. Tem idade superior a 18 anos?

Sim Não